FOTOS RENAN OLIVEIRA

Especial Viagem - Revista Reserva

O princípio básico de qualquer mala de viagem é que ela precisa ser enxuta e funcional. Em viagens de fim de semana, esses predicados são ainda mais relevantes. Pense que você terá menos de 48 horas para curtir. Obviamente que uma mala grande e montes de roupas e traquitanas só atrapalham. Escolha uma mala pequena onde você possa organizar as roupas e acessórios de maneira que não amassem e que possam ser facilmente visualizados. Também leve uma mochila para levar objetos que você precisa ter à mão, como câmera fotográfica e o guia do local. Se você mora no Rio de Janeiro ou pretende visitar a região, invista no Guia de Verão da Reserva, que traz dicas de bares, museus e passeios na cidade maravilhosa, além de roteiros por Búzios e Serra dos Órgãos – esses roteiros você já confere aqui.

Veja como organizar a sua mala


O que levar

Poucas e boas peças que combinem entre si e que possam ser usadas nos diferentes programas que você pretende fazer. Também é importante pensar (nós já fizemos isso para você) em tecidos que não amassam ou são propositalmente amassados. Estar em uma road trip não quer dizer que você tem que relaxar com a sua aparência, certo? E não esqueça de levar uma jaqueta. No mínimo você pode precisar dela para proteger a sua gata da tempestade de verão que pode cair no fim de tarde ou da noite.

Como organizar sua Mala de Viagem

1.Guia de Verão Reserva tem tudo sobre o Rio!
2. Um cinto sempre melhora a roupa.
3. A t-shirt cinza é básica, a listrada dá bossa ao visual.
4. O sol tá bombando; use óculos!
5. Com bermudas slim fit, uma lisa e outra estampada, você fica bem.
6. Você precisa de uma carteira fina e que não amassa.
7. A Reserva vai lançar uma linha de cuidados pessoais. Aguarde!
8. Cuecas novas nunca são demais.
9. Vai viajar sem uma jaqueta? Não vacile.
10. O tecido dessa camisa dispensa ferro de passar!
11. Até seus chinelos podem ser lindões.
12. Taí a mochila perfeita para te acompanhar na viagem e por muitos anos.
13. Esse sneaker levanta a moral de qualquer roupa.
14. A calça com bolsos utilitários facilita sua vida.

fazer_mala_11


Como organizar

Divida a mala em duas partes iguais. Os itens mais pesados, como calças e jaquetas, vão por baixo e devem ocupar todo o espaço. Por cima, posicione as bermudas dobradas no meio. Enrole as t-shirts para evitar que amassem muito e encaixe-as em uma das extremidades da mala. Elas podem dividir espaço com as bermudas. Como essa camisa da Reserva foi feita para ser usada amassadinha, enrole-a como em um nó e encaixe onde tiver um espaço sobrando. Tem coisa mais prática? Preencha os vãos com cuecas, sunga e o cinto.

Montar uma mala é como montar um quebra-cabeças do nível 1, facinho, facinho: você ocupa o fundo com as peças maiores; por cima, coloca as bermudas dobradas, ao lado as t-shirts enroladas e nos vãos as cuecas, boardshorts e acessórios.   

mala-de-viagem

Coloque seus produtos para cuidados pessoais em necessaires específicas para isso. Não tem uma? Use saquinhos herméticos, como o que acompanha a cueca da Reserva. O mesmo vale para chinelos e sapatos, que devem ser guardados em sacos para não sujar suas roupas.

mala-de-viagem


Para onde ir

Rio de Janeiro
O Guia de Verão da Reserva sugere um roteiro de 48h com programas tipicamente cariocas. A ideia é desbravar a zona Sul até o aterro do Flamengo de bike. Visitar os principais centros culturais, como o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), e o Museu do Amanhã, que fica na revitalizada Praça Mauá. E ainda tomar um chopinho na Mureta da Urca. Para jantar, a dica é a Casa do Sardo, cantina que tem um dos melhores custos-benefício da cidade.

Búzios
Búzios fica a cerca de 120 quilômetros do Rio e possui mais de 20 praias. A mais agitada é a de Geribá. Se quiser algo mais tranquilo, siga para as praias Azeda e Azedinha – o acesso é por uma trilha de cerca de 15 minutos. A Rua das Pedras concentra o comércio, os restaurantes e os bares mais gostosos. N o fim dessa rua está a Orla Bardot, um trecho repleto de barquinhos, onde fica a estátua da atriz Brigitte Bardot, que passou por ali nos anos 1960. Aproveite e veja nosso super roteiro de 24 horas na cidade.

Serra dos Órgãos
Se você pratica trekking, a travessia de Petropólis a Teresópolis é imperdível. São 28 quilômetros percorridos em três dias e duas noites (informações no site parnaso.tur.br). As trilhas do Parque Nacional da Serra são mais tranquilas e ainda contam com piscinas naturais próprias para banho. O acesso à maioria dos passeios é por Teresópolis, mas também é possível chegar via Petrópolis ou Guapimirim.

fazer_mapa_mapa

CONFIRA TAMBÉM

o que usar na viagem do fim de semana

10-dicas-para-quem-vai-viajar-sozinho


QUER SER AVISADO SOBRE NOSSOS PRÓXIMOS POSTS?

[contact-form-7 404 "Not Found"]

compre já compre já compre já compre já compre já compre já compre já compre já compre já compre já compre já compre já compre já compre já