Restaurante Robin Hood: “tira” dos ricos para dar aos pobres

Fala galera,

O personagem de Robin Hood pode até ser fictício, mas seus princípios não: um restaurante em Madrid, na Espanha, cobra mais dos clientes ricos para dar o que comer aos pobres.

Embora o conceito seja, basicamente esse, de contar com aquela ajudinha extra de quem tem mais recursos, é importante dizer que nada é abusivo; todos os preços são praticados dentro do bom senso.

reserva_post_rony_27012017

Foto: Reprodução

Inaugurado em dezembro de 2016 por um padre católico, o restaurante atende em média 100 pessoas carentes, e sabe que apenas pode ajudá-los porque outros clientes financeiramente confortáveis podem colaborar.

De acordo com o padre Ángel García Rodriguez, idealizador dessa ação, o intuito é dar a todos o mesmo acesso às mesmas coisas. Se os mais ricos comem uma comida feita na hora, quentinha, usando bons talheres, então moradores de rua e qualquer outra pessoa deve poder desfrutar desses mesmos prazeres, sem exceção.

Toda essa logística confiável parece ter sido  bem recebida por toda  a sociedade espanhola, uma vez que as reservas para almoço das pessoas mais abastadas estão saturadas até 2017. E isso tudo é um ótimo sinal: quanto mais pessoas economicamente seguras forem ao restaurante, mais recursos acumulamos para proporcionar igual experiência para quem não teve a mesma sorte e/ou oportunidade.

Beijo,

Rony Meisler

QUER SER AVISADO SOBRE NOSSOS PRÓXIMOS POSTS?