Você já pensou em como seu consumo interfere no mundo? Parece que o que consumimos e deixamos de consumir não interfere tanto assim em escala mundial, certo? Pense mais uma vez. Nossas ações estão diretamente ligadas ao destino do nosso planeta.

The Rise of Lowsumerism | Box 1824

Assista ao vídeo

Nunca se consumiu tanto quanto estamos consumindo atualmente. Mas quais são as reais consequências disso? Extinção de espécies, habitats destruídos, superpopulação humana, superexploração dos recursos naturais, mudanças climáticas causadas pela poluição, lógica de obsolescência programada (que existe desde os anos 50!), ou seja, as coisas são programadas para estragar e fazer a gente consumir mais e mais rápido. Se continuarmos dessa maneira até 2050, precisaremos de dois planetas Terra para nos sustentar.

Lowsumerism | Henrique Diaz | TEDxUFU

Assista ao vídeo

A indústria de moda devido ao modelo fast fashion é considerada a segunda mais poluente do planeta, ficando atrás apenas da indústria de óleo. Ao menos 20% dos 32 bilhões de águas poluídas no mundo estão assim devido ao tingimento de roupas. E 3,2% de toda água disponível no mundo é usado no setor têxtil. Saiba mais aqui.

Fashion Week | Porta dos Fundos

Assista ao vídeo

Além do impacto ambiental tem o social. Quando compramos alguma coisa visualizamos apenas a mercadoria. A cadeia produtiva é ocultada dos nossos olhos. Em países como Bangladesh (2° maior exportador de roupas depois da China) onde os trabalhadores recebem salários muito baixos – salário mínimo legal 16EUR sendo 104EUR um salário digno, uma diferença de +547%- trabalham sob condições absurdamente precárias que causam mortes e mutilamentos. Saiba mais aqui.

The True Cost | Trailer

Assista ao vídeo

Em 2015 a Netiflix lançou o documentário  “The True Cost”. É impactante. O diretor Andrew Morgan apresenta toda a cadeia produtiva e seu real impacto social e ambiental. Vale muito apena assistir para entender melhor o assunto.


O que é Fashion Revolution Day?

O Fashion Revolution Day é um movimento que busca aumentar a conscientização sobre os impactos da indústria da moda e estimular as mudanças necessárias para melhorar as condições de trabalho. A campanha envolve líderes da indústria da moda sustentável que se uniram após o desabamento do edifício Rana Plaza em Bangladesh no dia 24 de abril de 2013 deixando 1.133 mortos e 2.500 feridos. Mostrando ao mundo que é possível a criação de um futuro mais sustentável exigindo mais transparência e consciência.

  NO BRASIL  

A co-fundadora do movimento, Orsola de Castro, comenta: “Nós queremos que você pergunte: ‘Quem Fez Minhas Roupas?’. Essa ação irá incentivar as pessoas a imaginarem o “fio condutor” do vestuário, passando pelo costureiro até chegar no agricultor que cultivou o algodão que dá origem aos tecidos. Esperamos que o Fashion Revolution Day inicie um processo de descoberta, aumentando a conscientização sobre o fato de que a compra é apenas o último passo de uma longa jornada que envolve centenas de pessoas, realçando a força de trabalho invisível por trás das roupas que vestimos”.

  FASHION REVOLUTION WEEK  2017  

Entre os dias 24 e 30 de abril de 2017 será celebrada a Fashion Revolution Week em mais de 90 países. No Brasil, terão eventos em diversos estados e ações realizadas pelos estudantes de moda. Os eventos que vão rolar aqui no Rio de Janeiro acontecerão na Malha e está com uma programação incrível. Confira aqui.

Toda a programação de palestras e eventos da sua cidade está disponível na página deles no Facebook.

Saiba tudo sobre o Fashion Revolution Day: http://fashionrevolution.org/country/brazil/

         

  Faça parte desta revolução!

  A RESERVA   

Nós aqui da Reserva apoiamos o movimento e acreditamos em um futuro mais sustentável respeitando o ser humano e a natureza. Por isso procuramos ser o mais transparente possível em relação a nossa produção. Venha conhecer mais:

QUEM FAZ

Toda peça que você compra com a gente tem uma história por trás. Através do projeto QuemFaz visitamos e fotografamos nossos parceiros fornecedores para que divulguemos seus trabalhos nas páginas dos produtos que nos fornecem em nosso site. Quando fazemos isso estimulamos o crescimento da indústria nacional e a pressionamos por melhores condições de trabalho e menor impacto socioambiental. Ganha-ganha. Saiba mais: https://www.usereserva.com/usereserva/quem-faz/

1P5P

Para diminuir o impacto da fome no Brasil, a Reserva conta com a sua ajuda. A cada peça vendida, viabilizamos, através da Associação Civil Banco de Alimentos, a doação de 5 pratos de comida pra quem tem fome no Brasil. O Brasil é o segundo maior fornecedor de alimentos do mundo e bateu recordes de produção agrícola em 2015. Ainda assim, 52 milhões de pessoas se encontram em algum estágio de insegurança alimentar, ou seja, 1 em cada 4 brasileiros. Desses, 7 milhões passam fome. Diante desse cenário resolvemos fazer a nossa parte para minimizar os efeitos da fome e combater o desperdício.

http://https://www.youtube.com/watch?v=_IXe3DRcxkQ

Como Surgiu a ideia?

Quando Rony Meisler, nosso sorridente, foi a Pentecoste- Ceará, para formalizar uma das entregas do projeto Reserva Rebeldes com Causa, perguntou a um jovem o que deveríamos priorizar em nossos trabalhos sociais. Ouviu como resposta o seguinte:

“Você consegue estudar quando está com fome? Consegue trabalhar quando está com fome? Pois é, o maior problema do Brasil é a fome.”

A conversa levou a uma conclusão simples: podemos fazer nossa parte. Não temos a pretensão de resolver a fome no Brasil. O que queremos é contribuir para a construção de um Brasil mais justo. E assim surgiu o 1P5P.

FEITO NO BRASIL

93% da produção do grupo Reserva é feita no Brasil. Fazemos isso porque queremos fortalecer o mercado nacional e acreditamos que aqui temos ferramentas suficientes para garantir condições de trabalho honestas e de baixo impacto ambiental. Os outros 7% são produzidos por fornecedores estrangeiros apenas quando não encontramos alternativas no Brasil e mesmo assim eles são escolhidos cuidadosamente para garantir as mesmas boas práticas socioambientais.

AUDITORIA

Em todas as vendas que fazemos entregamos aos nossos consumidores um cupom de transparência com um demonstrativo de resultado, do faturamento ao lucro, naquela venda. Não pretendemos ser perfeitos, mas temos a obrigação de sermos honestos com nossos consumidores.

VOU DE BIKE

Boa parte dos pedidos feitos pelo nosso site no Rio de Janeiro são entregues de bicicleta. Cerca de 350 kg de CO2 deixam de ser emitidos por mês na atmosfera.

VALE A PENA VERDE DE NOVO

Temos uma linha de produtos em algodão reciclado, usando sobras que são desfibradas e tecidas novamente, dando origem a novas peças.

CARA OU COROA

Temos um programa de contratação de pessoas acima de 50 anos para trabalharem em nossas lojas.

INOVAR SEMPRE

A cada coleção, temos uma premiação entre os estilistas para eleger o produto mais inovador e sustentável da Reserva.

SELO AR

Criado em parceria com o AfroReggae para licenciamento de produtos. O AR já gerou cerca de R$2 milhões para projetos de reinserção social.

Saiba mais sobre nossos projetos: https://www.usereserva.com/usereserva/institucional/social

 

Dados retirados do livro: Moda ética para um futuro sustentável. Elena Salcedo.


QUER SER AVISADO SOBRE NOSSOS PRÓXIMOS POSTS?

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)