Por Sergio Pugliese

Outro dia, numa resenha descontraída, um boleiro desdenhou: “Esquece, você imagina Real Madrid e Bayern quebrarem?”. Você imagina? Fico matutando o que é preciso (não) ser feito para um gigante ruir. “Os caras compram jogadores só com venda de camisas!”, prosseguiu o apaixonado por futebol europeu e suas espetaculares arenas. “Ô, Marisco, a Blockbuster quebrou, esqueceu?”, provocou Pedrinho. Marisco deu de ombros e seguiu em frente com suas declarações apaixonadas aos clubes multimilionários. “Ô, Marisco, a Kodak também era alemã, como o Bayern, e faliu”, reforçou o goleiro Franco. Fui embora com aquelas informações na cabeça e lembrei de meu início no Jornal do Brasil, em 86: os repórteres ainda escreviam matérias nas italianas Olivetti e as informações chegavam fresquinhas em nossas mesas trazidas da sala do Telex pelo camarada Alemão. Meu Deus, Telex é uma marca, né? Lembro da propaganda do Centro Auditivo Telex…depois vou apurar qual foi o seu destino. A Olivetti quebrou. Como a Olivetti pôde quebrar???? Anos depois parece que voltou ao mercado através da Telecom Italia. O próprio JB, meu querido JB, quebrou. E se alguém, como eu, visse as centenas de jornalistas que circulavam freneticamente naquela redação da Avenida Brasil, na década de 80, duvidaria que algo de errado pudesse acontecer ali. Mas aconteceu. Mesmo destino de vários outros veículos de comunicação.

Em 2000, troquei as redações, por onde rodei durante 15 anos, pela Approach. E o que mais amo é que essa agência pulsa e odeia marasmo. Mesmo na crise, abriu a Ponte Filmes e a Juntos, comunicação por causas, e já está preparando a próxima surpresa. Quem não inova, morre. Sua marca pode ser forte, tradicional, mas ela precisa olhar para os lados e se for líder de mercado é bom ficar atenta ao retrovisor. É importante aprendermos a lidar com as inovações. Lembro quando a máquina digital surgiu. Vários fotógrafos se recusaram a trocar as suas de estimação. Foi nessa que a Kodak quebrou e muitos profissionais ficaram sem emprego atropelados pela nova geração tecnológica.

Hoje, milhões de startups podem ensinar o caminho das pedras. Não é fácil porque o que é novo hoje amanhã já não é mais. Na semana passada, ouvi numa reunião que aplicativo já era. “Esquece, agora é inteligência artificial…”. Aí, perguntei: “Então, a Uber vai falir?”. E a resposta: “Não, os aplicativos de serviço terão vida longa…”. Olha, ouvir é muito importante, mas selecionar também ajuda muito, afinal os diretores do Yahoo, Orkut e MySpace também deviam ter suas convicções. O ideal é ler, circular, testar, perguntar e não ter medo de arriscar. Por isso, sou fã do Rony Meisler, o fundador da Reserva, um espaço que também vende roupa, mas que pode ser definido de várias formas, inclusive como uma agência de comunicação, uma produtora de conteúdo, uma rede social, um boteco.

Esse cara arrisca tanto, mas arrisca tanto, que resolveu me convidar para editar o livro de 10 anos da Reserva. Depois de algumas doses de Maracugina e água com açúcar, topei. Por dois principais motivos, porque adoro desafios e para ter a chance de conhecer de perto a construção daquela marca, para mim, genial. Decisão mais do que acertada!!!! Pirei, vibrei, chorei!!!! E a partir daquele intenso mergulho minha cabeça nunca mais parou de chacoalhar. E do jeito que a canoa navega meu cérebro deve virar uma escola de samba. Claro que o Rony não quis um lançamento de livro tradicional e a pré-venda, que começou há dois dias, é em parceria com a Meliuz. “Pugliese, quem comprar na pré-venda terá 100% o dinheiro de volta…”. Meus neurônios entraram em órbita, mas topei. Quem sou eu para contra-argumentar!!! Depois eu estudo o caso.

COMO FUNCIONA A COMPRA DO LIVRO NA PRÉ-VENDA?

A pré-venda de “Rebeldes têm Asas” já está rolando no site http://rebeldestemasas.usereserva.com.

FUNCIONA ASSIM ATÉ O DIA 31/07/2017:

Comprou 1 livro?

Você receberá 100% do valor pago pelo livro e a entrega será feita em até 30 dias úteis, a partir da data do fim da pré-venda.

Comprou 5 livros?

100% do valor de 1 livro de volta e todos os livros autografados.

Comprou 10 livros?

100% do valor de 1 livro de volta, todos os livros autografados e um cupom de R$59,90 para comprar em usereserva.com.

Comprou 50 livros?

100% do valor de 1 livro de volta, todos os livros autografados e palestra digital de Empreendedorismo para até 10 pessoas.

COMO É FEITO O REEMBOLSO?

O Méliuz é o portal por onde o reembolso será feito. O dinheiro que você receberá de volta refere-se ao valor do produto, então se a sua compra deu R$59,90 e o frete custou R$5,00, você receberá R$59,90. Para compras no boleto bancário, você compra, paga normalmente e nós devolvemos uma parte do que você gastou na conta corrente indicada. A transferência do dinheiro da plataforma Méliuz para a sua conta bancária demora cerca de 90 dias. Vale dar uma olhada nas condições da compra no link http://rebeldestemasas.usereserva.com/#meliuz.

 


COMPRE JÁ –
           
          

 QUER SER AVISADO SOBRE NOSSOS PRÓXIMOS POSTS?