Timbó foi erguida na confluência do Rio Benedito e dos Cedros, a 10 km de Indaial e a 30 km de Blumenau. Apesar dos 40 mil habitantes, a ‘Pérola do Vale” tem um jeitão bucólico, com algumas ruas de paralelepípedo e pontes com cara retrô. Não são poucos os que trabalham em Blumenau e preferem morar em Timbó. Quando você a conhece, entende muito bem por quê.fábrica em Timbó

Os proprietários desta empresa a criaram em 1985, poucos meses depois de se casarem. Começaram no fundo da própria residência e foram mudando de galpão em galpão, até chegar no local onde estão hoje: um terreno de 13.500 m2 – 5.500 deles de área construída. É ali que a empresa produz de 55 mil a 66 mil peças por mês, entre t-shirts, polos, bermudas, camisas e jaquetas.fábrica em Timbó

A confecção tem setor próprio de tecelagem, modelagem, pilotagem, corte com capacidade de 500 mil peças por mês, costura e estamparia com telas para mais de 1.500 modelos. “Nosso investimento em um parque fabril moderno vem da década de 1990”, diz a proprietária. Mesmo as etapas terceirizadas como a tinturaria e lavanderia têm um rígido controle: a malha que vai para pré-encolhimento passa por um teste no laboratório da confecção ao retornar. “A última coisa que fazemos é colocar a marca do cliente”. Em meio a tanta modernidade, sobra espaço também para um ambiente, digamos, mais caseiro. É o que se nota no anexo onde está o refeitório: ali há um espaço com churrasqueira e um cantinho reservado para festas.

Quem ajuda a fazer

Rosângela Werner, 42 anos, chefe de expedição. Antes de chegar a Timbó, em 1995, Rosângela não fazia ideia de como funcionava uma confecção. Natural de Ituporanga, município catarinense conhecido como “a terra da cebola”, ela trabalhava no campo, ajudando a família a plantar fumo e, claro, cebola. De seus dez irmãos, seis vieram para Timbó. Rosângela é uma daquelas pessoas hiperativas, que estão sempre procurando algo para fazer. “Gosto desse trabalho porque não consigo ficar parada por muito tempo. ” Nosso fotógrafo, que teve de correr atrás dela, que o diga.

fábrica em Timbó