Pequenas atitudes fazem a diferença

Gentileza gera gentileza. Roupa que não cai bem gera troca. Troca gera atendimento. Atendimento gera sempre uma oportunidade de encantar o cliente.

Como o presente que ganhou não ficou legal, Miriam veio até a loja para trocá-lo. Ela escolheu o vestido de jacaré, mas pediu ajustes complexos. Muito detalhista, esteve aqui diversas vezes para realizar a prova, sempre acompanhada da filha mais nova, Tais.

Nesse período, ficamos próximas. Descobrimos coisas em comum e nos divertimos muito. A família delas é judia e Tais viajaria em breve para Israel com um grupo de amigos. Viagem gera sonhos. Sonhos geram animação, embora para as mães de quem viaja nem tanto. Na verdade, Miriam estava muito nervosa com o passeio internacional da filha, pois na época houve uma escalada no conflito do Oriente Médio, sem sinal de trégua.

No Dia do Amigo, Tais veio fazer o SPA (espaço na loja onde a cliente tem à disposição serviços de massagem, maquiagem, entre outros) e se despedir de mim. Falei que estava preocupada, pedindo para me ligar assim que chegasse a Israel. Logo no dia seguinte, foi Miriam quem ligou, dizendo para eu ficar tranquila: Tais tinha cancelado a viagem.

Tudo isso gerou uma mistura de sentimentos. Primeiro a sensação de alívio, depois de tristeza pela guerra e por saber que era o sonho de Tais. Senti também carinho, por pensar que me tornei especial para essa família, a ponto de ligarem para me contar a decisão. Mãe e filha vieram à loja para me dar um abraço e finalmente pegar o vestido, que agora estava perfeito.

Bacana é perceber que pequenas atitudes fazem tanta diferença em nossas vidas. Que Tais possa realizar seu sonho da viagem algum dia e que o mundo possa se espelhar em atitudes de gentileza, que diariamente percebemos em pequenas coisas da vida.

Bianca – Eva Ipanema


QUER SER AVISADO SOBRE NOSSOS PRÓXIMOS POSTS?