Camila, Lucas, Bianca e Léo, da Escola de Notícias: comunicação que transforma

Fala galera,

A Escola de Notícias é muita coisa ao mesmo tempo – mais ou menos como os jovens que passam por ela e que hoje tocam o projeto. Surgiu em 2013 como um coletivo criado por um jornalista, Tony Marlon (que já não faz mais parte do projeto), mas logo virou uma associação da sociedade civil que forma jovens de 16 a 24 anos para o mercado mas, principalmente, para atuarem como transformadores sociais. “Nosso principal projeto é a Escola Comunitária de Comunicação, a Ecomcom, que educa jovens para entenderem a si mesmos, seu entorno, o mundo”, explica Camila Vaz, 27 anos, uma das educadoras da escola e veterana do conselho diretor, junto com Lucas Batista, 20 anos, Bianca Braga, 21 anos, e Léo Pereira, 21 anos (na foto abaixo).

Fotos: Thays Bittar | Reserva

A missão do lugar, situado no Campo Limpo, bairro que já foi listado como o segundo em número de homicídios em São Paulo, é dar autonomia aos jovens que passam por ali – além de um bom começo no mercado de trabalho e um olhar curioso e crítico para o mundo. Dentro da Ecomcom, que forma 30 jovens por turma, estudantes de escolas públicas e particulares têm aulas de jornalismo, cinema e vídeo. No meio dessa formação técnica, são chamados a se desenvolverem e olharem para si, a investirem em autoconhecimento. “A gente entende que eles saem daqui entendendo mais sobre si e sobre o outro, que tenham formado uma rede de apoio”, diz Lucas, que além de diretor, está se formando na turma de comunicação da Escola nesse ano.

Esse investimento em autoconhecimento permeia todo o programa, que tem duração de três anos. Ao final do primeiro ano, por exemplo, há uma viagem de encerramento. Para escolher o destino, os alunos falam do lugar e do momento em que mais aprenderam durante a vida. “Levamos a refletir sobre a maneira como aprendem, se são mais visuais ou mais auditivos, o que os estimula”, diz Camila. O tempo todo, os participantes são desafiados também a entender as diferenças entre si, seja de idade, formação familiar, classe social – ou mesmo as divergências de ponto de vista dentro da turma. “A gente entende que antes de contar as histórias do mundo precisamos entender quem a gente é, de onde estamos vindo, por isso falamos da família, da rua, da escola”, diz Léo, que também é produtor do curso e se formou na primeira turma, em 2013.

Depois de levar os alunos nessa jornada durante o primeiro ano, os educadores da Escola de Notícias incentivam a autonomia nessa galera, algo que consideram essencial. Daí, no segundo e terceiro ciclo, empurram seus estudantes para fora do seu território e fazem uma ponte entre a periferia e as áreas mais centrais. “Eles têm experiências profissionais rápidas na área em que gostariam de atuar”, diz Bianca, que além de diretora da Escola, têm sua própria empresa de comunicação.

No segundo ciclo, podem escolher um mentor que já atue o mercado de trabalho e que, por três meses, irá guiá-los em seus projetos de estudos. E têm oportunidade ainda de conhecer uma redação de jornal, uma agência de produção de conteúdo, mídias digitais ou uma produtora de vídeo, por exemplo. Vão visitar um coworking, como o Impact Hub, em Pinheiros, que oferece cursos para esse pessoal, ou a Escola São Paulo, outro lugar em que podem estudar e complementar o que aprenderam. “Fizemos parcerias para oferecer cursos específicos e estender a formação. A intenção é que estejam aptos a trabalhar na área escolhida ao final do programa”, diz Camila.

Como a própria Escola de Notícias também presta serviços de comunicação para empresas, de onde vem 60% de sua receita, aliás, alguns dos formandos acabam fazendo trabalhos pontuais ali – o que permite pequenos ganhos. “É mais uma forma de colocá-los em contato com a possibilidade de serem autônomos, responsáveis por seu próprio desenvolvimento”, diz Camila.

Beijos

– INSPIRE-SE NO ESTILO DO PESSOAL DA ESCOLA DE NOTÍCIAS

Camila Vaz
Camisa | Calça

Lucas Batista
Camiseta | Calça

Bianca Braga
Tricot | Calça

Léo Pereira
Camisa | Calça

QUER SER AVISADO SOBRE NOSSOS PRÓXIMOS POSTS?