Santiago Fossatti, da Kaszek Ventures: manter o foco é essencial

Nubank, Dr. Consulta, Quinto Andar, Loggi. Essas são algumas das empresas que estão no portfólio da Kaszek Ventures, uma empresa de venture capital que escolheu o Brasil para destinar a maior parte dos seus investimentos. “Estamos interessados em companhias que resolvam problemas locais. Dois terços dos nossos fundos estão no Brasil”, diz Santiago Fossatti, o gestor responsável pelo escritório da empresa por aqui. Sua atuação não é apenas trazer lucro aos investidores, mas participar ativamente da gestão das startups que seleciona durante 24 meses, em média. Baseado na experiência de oito anos na Kaszek, dois deles no escritório brasileiro, Santiago (na foto, à direita, ao lado dos analistas Julia Salles e Pedro Oliveira) apóia empreendedores que querem levar seu negócio a níveis mais altos. “Não adianta abrir muito o leque. Melhor atuar muito bem em um nicho do que mais ou menos em cinco áreas”. Aqui, ele usa sua expertise para dar dicas a quem quer crescer de um jeito saudável.

Thays Bittar/Reserva

Negócios são feitos por gente

“Grande parte do nosso trabalho é conhecer as pessoas de verdade. Não olhe totalmente para a ideia ou para o negócio, mas se preocupe em gerar bom relacionamento profissional com quem está do outro lado da mesa. No final das contas, são pessoas que fazem as empresas. Procure manter uma relação de transparência, deixar uma boa marca, se aproximar. O negócio pode ser incrível, mas vai precisar de gente para ir adiante.”

Qual é sua marca?

“Ao analisar um negócio que parece promissor, vamos atrás da história de quem está por trás dele. A gente acaba fazendo um trabalho quase jornalístico, de apuração mesmo, de entender com quem estamos trabalhando. Entendemos como aquelas pessoas agiram no passado para podemos prever como elas irão se comportar no futuro. Quais são suas qualidades? São bons de trabalho em equipe? São capazes de liderar em momentos de stress? Porque a gente sabe que empreender é duro, precisamos de gente resiliente, transparente, focada.”

No início, mantenha o foco

“Uma startup está competindo com grandes empresas que têm muitos recursos, muito dinheiro, atuam em muitos mercados. Por isso é necessário ter um grande diferencial e é mais fácil ser muito bom em algo específico. O pessoal do NuBank começou querendo ser um banco 100% digital e fazer vários produtos para mexer com esse mercado. É uma área de grande oportunidade pois os bancos na América Latina são lentos, burocráticos, caros.  Mas se deram conta que se fizessem apenas uma coisa nota 10 seria melhor do que oferecer logo no começo tudo o que um banco oferece. Então, passaram dois anos desenvolvendo seu cartão de crédito. São quatro milhões de clientes em quatro anos. E, agora sim, vão partir para outros produtos.”

 

Investimento exige disciplina

“Se você quer atrair investidores para sua empresa, faça a lição de casa. No que eles costumam investir? Cada fundo tem algumas áreas de preferência. A gente gosta de empresas que resolvem problemas locais em vez de startups globais. Chegue perto de gente que já recebeu investimento desse fundo, se aproxime dos fundadores dessas outras startups. Vá nos eventos, vá nas palestras, se conecte com organizações que reúnem empreendedores. Nossa rede traz muitas sugestões de investimento para o nosso portfolio.”

Tenha metas claras

“E, quando você chegar em um fundo, deixe bem claro sua visão estratégica. Mostre que você tem um plano, que tem um caminho a trilhar. Claro que isso pode mudar, vai mudar, mas a visão tem que ser clara. Onde você vai usar o dinheiro nos próximos 12 ou 24 meses? Eles precisam saber disso de cara.”

O perfil do empreendedor

“É gente com muito apetite por criar coisas. Há uma alta chance de dar errado, ninguém te garante nada, mas estou falando de gente resiliente, que aguenta a dureza de empreender. São pessoas com carisma, que conseguem convencer outras pessoas, levar gente junto. Têm muito foco na experiência dos clientes. Conhecem a indústria onde trabalham. Estudaram bem, se atualizam constantemente e conhecem o mercado antes. O mercado vai mudar, o mundo vai mudar, tudo bem. Mas eles estão sempre bem informados.”

 

– INSPIRE-SE NO ESTILO DO PESSOAL DA KASZEK VENTURES

Julia Salles
• Camisa regular oxford

Santiago Fossatti
• Calça casual iron
• Camisa penha

Pedro Oliveira
• Camisa Vale da Lua
• Calça marinheiro color

QUER SER AVISADO SOBRE NOSSOS PRÓXIMOS POSTS?