“Na Reserva não só vendemos roupa. A gente ajuda o próximo”

Quando aceitou uma vaga temporária de vendedora na loja do Morumbi Shopping, em São Paulo, a atriz Beatriz Ramirez pensou que seria só mais um trabalho. Mas não demorou para que ela não quisesse deixar a Reserva nunca mais. Logo no primeiro dia, descobriu que, a cada peça vendida nas lojas da marca, cinco pratos de comida são doados através de uma parceria com o Banco de Alimentos. O projeto, batizado de 1P5P, já atingiu a marca de 20 milhões de pratos entregues a quem precisa desde maio de 2016. “É muito bacana isso partir de uma marca brasileira, que olha para dentro e traz soluções para os problemas do nosso país, que sofre muito com a corrupção, com a pobreza e com a fome”, diz.

Fotos: Thays Bittar | Reserva

O que mais encantou Bia foi perceber que, na Reserva, os propósitos saem do papel. “Não é uma coisa ilusória, que a gente só lê numa reportagem ou no livro. A gente vê esse cuidado com o próximo todos os dias”, conta. Às vezes nem é preciso contar para o cliente que ele está ajudando outras pessoas a cada peça que compra. “Atendi um cliente de Nova York que disse que veio à Reserva por causa do 1P5P. Ele já entrou na loja falando do propósito e isso é muito legal”, conta.

Para Bia, falar sobre esse assunto “dá até um negocinho bom”. “Se eu acrescentar uma peça em um atendimento, seja uma jaqueta ou uma meia, isso significa mais cinco pratos doados”, comemora. “Eu passei fome um dia durante a minha gravidez e vi o quanto é ruim, o quanto você não consegue fazer nada, nem dormir. Por isso eu sei o quanto essa iniciativa é importante. Na Reserva a gente não vende apenas roupas, a gente ajuda o próximo, e com comida, que é a coisa que mais falta num país desigual como o nosso”.

Saber que está ajudando a fazer a diferença é uma das coisas que faz com que Bia vá trabalhar feliz todos os dias. “Como diz o Rony, vamos fazer acontecer, vamos mudar, vamos que vamos, porra!”.